O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > CNE e JCNE: 252 pesquisadores contemplados
Publicado em: 24/09/2009

CNE e JCNE: 252 pesquisadores contemplados

Dando continuidade a dois programas reconhecidos nacionalmente entre os mais eficientes no fomento a pesquisadores com liderança comprovada em suas áreas, a FAPERJ divulgou nesta quinta-feira, 24 de setembro, os resultados dos editais Cientista do Nosso Estado (CNE) e Jovem Cientista do Nosso Estado (JCNE). Juntos, eles vão destinar um total de recursos de mais de R$ 18 milhões para 252 pesquisadores fluminenses com produção científica de alta qualidade e nível de doutorado.  

Lançados simultaneamente no dia 18 de junho deste ano, os programas CNE e JCNE ofereceram, respectivamente, 132 e 120 Bolsas de Bancada para Projetos (BBP). Os investimentos dos programas são incompatíveis com qualquer outro auxílio da FAPERJ com finalidade idêntica, como o Auxílio à Pesquisa (APQ1) do programa básico.

As bolsas Cientistas do Nosso Estado, conhecidas também como Bolsas de Bancada para Projetos – BBP, destinam-se a apoiar, por meio de concorrência, projetos coordenados por pesquisadores com grau de doutor, de reconhecida liderança em sua área, com produção compatível com o nível de pesquisador 1 do CNPq, especialmente nos últimos cinco anos. É necessário comprovar vínculo empregatício em instituições de ensino e pesquisa sediadas no estado do Rio de Janeiro e ter  ao menos uma orientação de doutorado concluída, não sendo consideradas, como critério de elegibilidade e ao menos uma orientação de doutorado em andamento, não sendo consideradas co-orientações.

Cientista do Nosso Estado: 132 contemplados em 14 instituições

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) foi a instituição que mais ganhou bolsas do programa Cientista do Nosso Estado, tendo 65 pesquisadores da casa contemplados. Em seguida, vieram a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), com 15; a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com 12; a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), também com 12; a Universidade Federal Fluminense (UFF), com 10; a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), com cinco; e o Instituto Nacional do Câncer (Inca), com três.

Completam a relação das 14 instituições selecionadas pelo CNE a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), com três bolsistas; e o Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), com dois. Com um pesquisador contemplado, ficaram as seguintes instituições: a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa); o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC); o Observatório Nacional (ON); e a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio).

As propostas aprovadas receberão apoio mensal de R$ 2.400, durante 36 meses, visando prover apoio para o desenvolvimento de seus projetos de pesquisa. Ao número de vagas previstas no edital, foram acrescidas mais 10%, o que significa que o programa poderá apoiar 132 pesquisadores.

Jovem Cientista do Nosso Estado: 120 contemplados em 19 instituições

 

O programa Jovem Cientista do Nosso Estado selecionou pesquisadores de 19 instituições. A UFRJ também liderou o ranking das universidades com mais bolsistas selecionados pelo JCNE – com 38. Em segundo lugar, ficou a Uerj, com 16; seguida pela UFF, com 14; pela Uenf, com 12; e pela Fiocruz, com 11. A UFRRJ teve seis bolsistas contemplados pelo JCNE; a PUC-Rio, cinco; e o LNCC, quatro. A UniRio, a Universidade Estácio de Sá (Unesa) e o Impa tiveram, cada um, dois bolsistas contemplados. Já a Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Instituto Militar de Engenharia (IME), o Instituto Nacional do Cancer (Inca), o Instituto Nacional de Tecnologia (INT), o Instituto de Pesquisa do Jardim Botânico (IPJB/RJ) e o Museu de Astronomia (Mast) tiveram um bolsista, cada, selecionado. 

As propostas selecionadas também receberão recursos mensais por 36 meses, visando prover apoio para o desenvolvimento de seus projetos de pesquisa. As bolsas mensais concedidas para os jovens cientistas serão de R$ 1.800. O programa vai destinar verbas da ordem de R$ 7.776.000.

 

O edital tem como objetivo apoiar projetos de pesquisa coordenados por pesquisadores que se encontram em uma fase intermediária de sua carreira acadêmica, apresentando boa produção científica e histórico de atividades voltadas para a formação de recursos humanos. Entre os pré-requisitos levados em conta no processo seletivo, estão a necessidade de vínculo empregatício em instituições de ensino e pesquisa fluminenses e ter obtido grau de doutor a partir de 1 de agosto de 1999. Os pesquisadores também deveriam ter ao menos uma orientação de mestrado ou doutorado concluída e, ao menos, uma orientação de mestrado ou doutorado em andamento, não sendo consideradas co-orientações.

 

Veja a lista dos contemplados no edital Cientista do Nosso Estado (PDF)

 

Veja a lista dos contemplados no edital Jovem Cientista do Nosso Estado (PDF)

 

Veja aqui a lista completa dos editais lançados pela FAPERJ em 2009 

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes