O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Educação a distância ajuda a prevenir câncer de mama
Publicado em: 10/09/2009

Educação a distância ajuda a prevenir câncer de mama


Vinicius Zepeda

 Reprodução

       
       O novo site utiliza recursos de educação a distância 
      para ajudar na formação de especialistas em mamografia
 
Aproximadamente uma em cada oito mulheres desenvolve câncer de mama. Doença que pode ser curável, quanto mais cedo for diagnosticada, maiores serão as chances de cura. Caracteriza-se por nódulos nos seios, que podem espalhar-se e atingir órgãos vitais, como fígado, cérebro, pulmão e medula espinhal. O exame utilizado para a detecção precoce da doença é a mamografia (raio-X da mama). Entretanto, a formação de profissionais especializados na realização e interpretação desse exame encontra dificuldades. Em busca de uma solução para o problema, foi elaborado um site com modernos recursos de educação a distância para formação de especialistas em mamografia. O projeto é resultado de uma parceria entre FAPERJ, Instituto Avon, Associação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Combate ao Câncer (Abificc), Secretaria de Saúde e Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro e Sociedade Brasileira de Mastologia.

Desenvolvido por uma equipe multidisciplinar coordenada pelo doutor em física médica e coordenador do Laboratório de Ciências Radiológicas (LCR) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), professor Carlos Eduardo de Almeida, o projeto intitulado "Programa de Educação Continuada no Uso da Mamografia para Detecção Precoce do Câncer de Mama” foi desenvolvido em duas etapas. Na primeira, realizada entre maio de 2005 e janeiro de 2007, foram produzidos três manuais, um conjunto de aulas e um manual de avaliação dos serviços utilizados no treinamento de 129 profissionais (médicos radiologistas e técnicos em mamografia) ligados a 89 instituições conveniadas ao Sistema Único de Saúde (SUS), em 36 municípios do estado do Rio de Janeiro. “Na segunda etapa, desenvolvida em 2008, resolvemos ampliar nossa atuação com apoio da FAPERJ e em parceria com o Instituto Avon para a criação de um site, de forma a permitir um processo de treinamento e formação continuada a distância, reciclagem permanente e acesso a testes, manuais e aulas aos que não participaram anteriormente”, explica Almeida.

Para aprender por meio do site, os interessados devem preencher um cadastro que lhes dará acesso a uma área restrita com importantes conteúdos. “Para os médicos, disponibilizamos um manual de treinamento em mamografia, um curso de capacitação e aperfeiçoamento para médicos mastologistas e radiologistas de mama, disponíveis para consulta e download, aulas sobre câncer de mama masculino – tipo raro e desconhecido de grande parte dos especialistas –, sobre a genética da doença e um banco de imagens com exames de pacientes normais, com patologias benignas ou malignas, em que os médicos poderão realizar laudos virtuais e passar por avaliação constante”, explica Carlos Eduardo de Almeida.

No caso dos técnicos em radiologia, o site também oferece curso de capacitação e aperfeiçoamento, um manual de proteção radiológica para mamografia e outro sobre técnica de posicionamento para o exame mamográfico, além de um conjunto de 11 vídeos educacionais sobre o exame e o posicionamento adequados. “Os físicos têm acesso às aulas de física médica e ao manual de proteção radiológica”, acrescenta Almeida. O site apresenta ainda uma área de notícias sobre pesquisas e estudos desenvolvidos sobre a doença, aberta para consulta do público leigo.  

Carlos Eduardo de Almeida destaca que, para a produção dos vídeos, bem como para a elaboração do material didático e do site, o apoio da FAPERJ foi essencial. Ele explica ainda que, ao preencher o cadastro para acessar a área restrita do site, os interessados passam a ser acompanhados em suas atividades de consulta. “Desta forma, podemos saber com anda o desempenho dos profissionais que se cadastram e participam de aulas ou fazem os testes de que dispomos e medir o grau de conhecimento dos que consultam nossa página eletrônica”, explica Almeida.

Por último, o coordenador do projeto ressalta que todos os conteúdos disponibilizados, como testes e vídeos, serão atualizados constantemente, a intervalos de três meses. “Com isso, tornamos a educação um processo contínuo e dinâmico, de forma a atender da melhor maneira possível os alunos”, acrescenta Almeida. “Apesar de ter sido concebido inicialmente para formar especialistas no estado, não sabemos ainda a dimensão que o projeto pode abarcar, uma vez que, por conta do alcance da internet, temos recebido solicitações de cadastramento de todas as regiões do País e até mesmo de pesquisadores de outros países da América Latina”, conclui.

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes