O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Orla de Copacabana ganha pontos de acesso grátis à internet sem fio
Publicado em: 24/07/2008

Orla de Copacabana ganha pontos de acesso grátis à internet sem fio

 Vinicius Zepeda

        

   Sérgio Cabral se comprometeu a levar a internet 
   sem fio para todo o estado do RJ até o fim de 2010

Na praia de Copacabana, Zona Sul da cidade, foram inaugurados na terça-feira, dia 22 de julho, 11 pontos de acesso à internet sem fio de alta velocidade – da Rua Princesa Isabel até a Figueiredo Magalhães – primeira fase do programa Orla Digital, fruto de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Sect) e o Instituto Luiz Alberto Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ), com financiamento da FAPERJ. Segundo seus idealizadores, a nova tecnologia promete revolucionar a qualidade de vida e os serviços oferecidos na região.

Até o próximo mês, mais 10 pontos serão inaugurados para estender o sistema até o Posto Seis. “Ensino a distância nas escolas públicas locais, acesso à cultura e a inclusão de conteúdos de saúde para melhorar a qualidade de vida dos idosos – grande parte dos moradores daqui – são exemplos de alguns dos benefícios”, afirmou o governador Sérgio Cabral durante a solenidade. Ele lembrou que o programa “Baixada Digital” – que promoverá o acesso gratuito à internet sem fio para municípios da Baixada Fluminense, como Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Belford Roxo e São João do Meriti – também deve ser inaugurado  este ano. “Até o final do ano, ampliaremos este acesso também à Zona Oeste e ao Maracanã. Porém, nossas metas são bem mais audaciosas: até o fim de 2010, esperamos tornar o Rio de Janeiro o primeiro estado do país totalmente digital”, acrescentou. Segundo o Governador, o custo do projeto para todo estado está estimado em R$ 40 milhões.

O secretário de estado de C&T, Alexandre Cardoso, ainda destacou a utilização de conteúdos provenientes de convênios com a Universidade Aberta da Terceira Idade, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Unati/Uerj) – unidade de referência em saúde e centro de convivência e pesquisas sobre idosos idealizado, em fins dos anos de 1980, pelo então professor Piquet Carneiro. “Colocamos a tecnologia à disposição. Agora precisamos que as instituições de ensino e pesquisa estabeleçam parcerias conosco para atualizarmos sempre nossos conteúdos”, ressaltou. E recordou ainda: “Há vinte anos atrás, o Sérgio Cabral pai inaugurou a iluminação elétrica na praia de Copacabana. Hoje, passadas duas décadas, o filho, o governador Sérgio Cabral, está iluminando digitalmente a região”.

Projeto leva acesso ao que há de mais moderno em termos de comunicação

Vinicius Zepeda 
    
Integrantes da escola de samba Portela abriram
o evento de inauguração do programa Orla Digital

Já o coordenador da Rede Rio – rede integrada de computadores financiada pela FAPERJ que interliga universidades e centros de pesquisa sediados no estado do Rio –, Luís Felipe de Moraes, destacou mais algumas aplicações do programa Orla Digital e rebateu a crítica de que a segurança da cidade não garantiria o uso de computadores portáteis na praia. “Com esta tecnologia e por meio de uma parceria com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, vamos instalar câmeras de vigilância na região em prazo bem curto”, explicou. “Além disso, o uso de computadores pessoais na praia é apenas uma das possibilidades que o programa nos permite. Porém, está longe de ser a mais importante ou a única. O poder público, as escolas, hotéis, bares e restaurantes do local poderão oferecer uma série de serviços para a população e para o comércio do bairro, tais como diversas aplicações de Vídeo sob Demanda (VsD) e TV Digital, educação a distância, teleconferências, sistemas de telemedicina e exibição de concertos musicais e peças teatrais", acrescentou.

O compromisso de socializar a tecnologia da informação e a comunicação foi lembrado pelo presidente da FAPERJ, Ruy Garcia Marques. “Passados seis meses do lançamento do programa, sua primeira fase está sendo entregue à população. Certamente servirá de modelo para implantação de similares em outras cidades brasileiras. Mais uma vez, o Rio de Janeiro inova, mostra seu potencial e, principalmente, contribui para a democratização do acesso ao que há de mais moderno em termos de comunicação”, concluiu Marques.

A solenidade foi realizada em um palco em frente ao hotel Copacabana Palace, e a abertura contou com a apresentação de passistas, do casal de mestre-sala e porta-bandeira e da bateria da escola de samba Portela. O vice-governador e secretário de Obras do estado, Luiz Fernando Pezão, foi bastante citado durante o evento por seu pioneirismo, à época de sua gestão como prefeito da cidade de Piraí, no Vale do Médio Paraíba. Lá, ele implantou o programa Piraí Digital, que levou a internet banda larga a toda a cidade, incluindo a zona rural. Graças à iniciativa, a cidade, com pouco mais de 25 mil habitantes, triplicou a sua arrecadação anual e passou a ser o oitavo município fluminense em termos de receita.

Diversas outras autoridades estiveram presentes ao evento, como os secretários Benedita da Silva (Assistência Social e Direitos Humanos, César Rubens Monteiro (Administração Penitenciária), Júlio Lopes (Transportes), Regis Fichtner (Casa Civil) e Ronald Azaro (Trabalho e Renda); o presidente da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos, órgão ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia), Luis Manoel Fernandes (na ocasião representando o ministro da C&T); o presidente da ABC (Academia Brasileira de Ciências), Jacob Palis; o presidente da Cedae, Wagner Victer; o presidente do Instituto Pereira Passos, Sérgio Besserman; o diretor acadêmico da Coppe, Edson Watanabe (representando o diretor geral da Coppe, Luís Pinguelli Rosa); o reitor da Uerj, Ricardo Vieiralves; o reitor da Uenf,  Almy Junior Cordeiro de Carvalho; o presidente do Proderj, Paulo Coelho; o presidente da Faetec, Nelson Massini; e o diretor da Unati-Uerj, Renato Veras, com seus alunos.

Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes