O seu browser não suporta Javascript!
Você está em: Página Inicial > Comunicação > Arquivo de Notícias > Recifes de coral brasileiros ganham registro documental
13/12/2007

Recifes de coral brasileiros ganham registro documental

 Projeto Coral Vivo

    
  Sequência mostra a hora exata
  da desova da
Mussismilia harttii


Importante fonte de renda para muitas famílias que vivem da pesca, os recifes de coral do litoral brasileiro acabam de ganhar um importante registro documental. Com roteiro e supervisão científica de pesquisadores fluminenses, foi lançado no dia 6 de dezembro, no Museu Nacional/UFRJ, o vídeo educativo Vida nos Recifes. Uma iniciativa do projeto Coral Vivo, com patrocínio da Petrobras e do Arraial d’Ajuda Eco Parque, o filme será distribuído em 2008 em cursos de capacitação do projeto destinados a agentes de turismo e para professores de escolas públicas de 13 municípios do sul da Bahia, como complemento na educação de jovens do Ensino Fundamental, além de ser oferecido para estagiários de todo o Brasil, que participam do Projeto.

Os interessados em adquirir uma cópia do vídeo podem contatar os responsáveis pelo projeto e solicitar um exemplar (veja ao final do texto). O projeto autoriza a reprodução do vídeo desde que na íntegra e sem fins lucrativos. Dirigido por Roberto Faissal e filmado em HDV (High Definition Video), o DVD, com 16 minutos de duração, apresenta em linguagem simples, dirigida ao público leigo, o que são esses ecossistemas chamados de recifes de coral. 

Como importante patrimônio natural marinho brasileiro, os recifes de coral são os ecossistemas marinhos de maior diversidade biológica, se assemelhando a extensas florestas tropicais no mar. O Brasil possui os únicos recifes do Atlântico Sul e o extremo sul da Bahia é considerado a maior e mais rica área de recifes de coral dessa parte do Atlântico. O filme apresenta de forma didática o que são os recifes, como se formam, chegando a atingir em alguns casos 25 metros de altura.

  Projeto Coral Vivo 
        
  Favia leptophylla - espécie de coral importante na
  construção de recifes de coral da região da Bahia
Por sua beleza, os recifes – construções sólidas formadas pelo acúmulo de corais, que surgiram no mar há mais de 200 milhões de anos – ocupam lugar importante como atração turística. Ao se multiplicarem ao longo do tempo, os corais formaram um dos ambientes mais espetaculares do planeta. O vídeo explica que os recifes podem se estender por quilômetros, formando muralhas que muitas vezes alcançam a superfície. Se protegem a costa – informa o narrador –, eles também são responsáveis por alguns naufrágios. Entre os recifes que se destacam no Brasil estão o Parcel de Manoel Luís, no Maranhão; o Atol das Rocas e Maracajaú, no Rio Grande do Norte; o arquipélago de Fernando Noronha e Tamandaré, em Pernambuco; Maragogi, em Alagoas; e Recife de Fora e Abrolhos, na Bahia.

“Uma das partes que mais tocam as pessoas é a que mostra a reprodução dos corais”, conta a bióloga Débora Pires, que assina o roteiro em parceria com o professor Clovis Barreira e Castro. Ambos são pesquisadores da UFRJ e já contaram com apoio da FAPERJ em suas pesquisas. “O apoio da Fundação foi importante para o desenvolvimento das primeiras pesquisas que fizemos sobre corais no Museu Nacional”, diz Pires.

Os interessados em obter mais informações e a cópia do vídeo para exibição em instituições de ensino e pesquisa podem contatar o projeto através do e-mail contato@coralvivo.org.br . O projeto publica ainda um informativo trimestral impresso sobre suas  principais atividades.
Compartilhar: Compartilhar no FaceBook Tweetar Email Compartilhar no WhatsApp
  FAPERJ - Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
Av. Erasmo Braga 118 - 6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - Cep: 20.020-000 - Tel: (21) 2333-2000 - Fax: (21) 2332-6611

Página Inicial | Mapa do site | Central de Atendimento | Créditos | Dúvidas frequentes